O poder da influência – Quanto maior sua influência, maior seu impacto de liderança

2
227

Todos nós temos o poder de influenciar. Já nascemos com ele e o desenvolvemos com o passar dos anos. Não há liderança sem influência. Como líderes cristãos, precisamos ser uma boa influência, compartilhando  a influência que Jesus tem em nós. Precisamos realmente ter uma influência positiva e abençoadora na vida de nossos liderados. Não basta influenciar: temos que fazê-lo positivamente.

Existem pelo menos cinco áreas de desenvolvimento da influência segundo Jonh Maxwell:

a)    Sua influência determina a abrangência de sua liderança — Não é o cargo que você ocupa, mas sim seu poder de influenciar que o tornará um líder de poucos ou de muitos. Muitas pessoas acham que só o fato de serem eleitas pela Igreja como líderes é o bastante para o bom exercício da liderança, mas isso não é verdade. Uma eleição não substitui a influência. O poder financeiro, a simpatia ou o pertencimento ao grupo por muitos anos também não substituem. É a influência que determina a abrangência de sua liderança, portanto seja influente!

b)   Não há influência em todas as áreas, portanto determine bem qual é a área em que você tem melhor capacidade de influenciar. Todos nós teremos mais influência em determinado ambiente e fazendo determinadas ações. Conheça a si mesmo para saber onde você será mais capaz de influenciar. Todo líder deveria escolher seus pontos positivos e investir ainda mais neles para que pudesse ter uma influência significativa em algumas áreas.

c)   A influência pode ser positiva ou negativa. Assim, esteja atento para que seu mau humor, negativismo ou outros elementos não se tornem uma influência negativa dentro de seu grupo. Se sua liderança é negativa daqui a pouco seus liderados se transformarão em uma massa negativa dentro da Igreja. Nesse contexto, o pior é quando negativo se torna sinônimo de anticristão. Peguemos, por exemplo, um líder que notadamente tem a fraqueza da mentira. Não é difícil imaginar que, com o passar do tempo, seus liderados serão influenciados pelo mau exemplo. Em pouco tempo, teremos uma liderança impregnada pela mentira. Cuidado com a influência negativa: ela pode transformar um ambiente abençoador de Igreja em um ambiente incompatível com o próprio Jesus Cristo.

d)   Líderes sábios usam sua influência para capacitar outros e acrescentar-lhes valor. As pessoas que você tem mais influência poderão ser incentivadas a crescerem e se desenvolverem. Capacite-as, elogie-as e determine-lhes valor como pessoas e membros de sua equipe. Líderes sábios são aqueles que conseguem formar discípulos, se possível, melhores que ele mesmo. Conheço liderados que, com alegria, podem dizer que sua vida foi transformada pelo investimento de um líder sábio. Que muitos possam dizer isso de mim e de você.

e)   Com a influência vem a responsabilidade. É como aquela famosa frase: ‘és eternamente responsável por aquele a quem cativas.’ Somos responsáveis por aqueles que influenciamos. Por isso, avalie o quanto você tem acompanhado seus liderados e o quanto sua influência tem sido benéfica na vida deles.

Influencie! Como líder você precisa fazer isso. E para que o faça da maneira correta, permita ser influenciado pelo exemplo de Cristo e pela ação do Espírito Santo de Deus.

2 COMENTÁRIOS

FAÇA UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here