Teologia Brasileira 52 – 2016

0
142

Nesta nova edição da revista Teologia Brasileira, publicamos um texto muito relevante e pertinente de Adam Mabry, colaborador do The Gospel Coalition, sobre a necessidade de calvinistas e carismáticos abandonarem seus guetos teológicos para viverem em unidade, aprendendo uns com os outros para a glória de Deus.

Eliandro da Costa Cordeiro, pastor presbiteriano, retorna à revista com um ensaio sobre Tomás de Aquino, apresentando seu debate com os averroístas que, diferente de Aquino, faziam uma separação entre intelecto e alma a partir de uma leitura equivocada da filosofia aristotélica.

O pastor Yago Martins estreia na revista com um primoroso artigo sobre justiça e trabalho, apresentando perspectivas econômico-teológicas sobre salários e precificações.

Por fim, o pastor Thomas Magnum também estreia nesta revista com um texto esclarecedor e provocativo, demonstrando como a ideologia – em especial a ideologia marxista –, pode ser comparada à religião, sendo aplicável, assim, o conceito de heresia.

O vídeo desta edição é uma palestra relevante aos nossos dias ministrada pelo reverendo Augustus Nicodemus Lopes na Primeira Igreja Presbiteriana de Goiânia por ocasião do lançamento de sua obra Livres em Cristo: A mensagem de Gálatas para a igreja de hoje, publicada pela editora Vida Nova.

Paulo combateu em sua carta aos gálatas a mensagem de missionários judeus que se diziam cristãos e ensinavam que a salvação não se dava somente pela fé em Cristo Jesus, mas também pela obediência à Lei de Moisés. Hoje enfrentamos mensagem semelhante, defendida e disseminada pelos chamados judeus messiânicos e por pseudoapóstolos, os quais reintroduzem as cerimônias judaicas no culto cristão e obrigam os crentes em Cristo a se sujeitar à mesma Lei a que o Senhor deu pleno cumprimento na sua morte e ressurreição.

Boa leitura!

Os editores.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here