Teologia Brasileira 02 – 2012

0
42

EDITORIAL

Este é o segundo número da revista Teologia Brasileira, patrocinada por Edições Vida Nova. Nesse novo número, Wilson Porte encerra seu estudo sobre a hermenêutica e pregação de Teodoro de Mopsuéstia. Tiago Santos apresenta a primeira parte de um estudo sobre o avivalista Jonathan Edwards e o lugar da razão e dos afetos na fé cristã. Este ensaio vem em boa hora porque em março desse ano será realizada a cerimônia de inauguração do Jonathan Edwards Center, no Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper, numa parceria entre esta instituição, a Universidade Yale, nos Estados Unidos, e o Instituto Presbiteriano Mackenzie, em São Paulo. Há outro ensaio, escrito por George Santos, que traz um resumo da publicação da literatura calviniana em português, desde meados da década de 1930 até o presente, listando as fontes primárias – os escritos do reformador francês – e as principais fontes secundárias para o estudo deste escritor tão importante para a fé cristã. E um dos editores faz uma breve reflexão sobre o que os luteranos chamavam de status confessionis da igreja em nosso país e da necessidade de se redescobrir o evangelho da graça.

Por fim, lembramos-nos de Dom Robinson Cavalcanti, que foi bispo anglicano da Diocese do Recife, PE, falecido recentemente. Oferecemos aos leitores um vídeo do programa Consensus, onde Robinson Cavalcanti e Jonas Madureira, editor de Edições Vida Nova, tratam dos “limites entre a relevância e a acomodação cultural”. Diante da morte e da dor, devemos ter diante de nós as reverentes palavras de uma das Coletas do Ofício de Sepultura do Livro de Oração Comum :

              

Ó Deus, que pela gloriosa ressurreição de teu Filho Jesus Cristo, destruíste a morte e nos deste vida eterna. Concede que teu filho, ressuscitado com Cristo, conheça o poder de sua presença e se regozije em sua eterna glória; o qual, contigo e o Espírito Santo vive e reina, um só Deus pelos séculos dos  séculos. Amém.

 

 

 

 

 

FAÇA UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here