Nº 72

2018 ISSN 2238-0388

Home Revista 69

Teologia Brasileira 69 - 2018

Nesta edição da revista Teologia Brasileira, publicamos um texto que trata de um tema muito importante e relevante para os dias atuais: gnosticismo digital. No artigo, Carrie Myatt destaca como o mundo digital e tecnológico tem sido usado como um tipo de fuga da realidade, do mundo material. Valendo-se da teologia de Irineu de Lyon, Carrie nos mostra como o antigo gnosticismo ainda está presente em nossos dias, mas com uma nova roupagem.

Jefferson Oliveira, por sua vez, nos apresenta um diálogo muito interessante entre o livro de Rute e a obra Orgulho e Preconceito. Ao demonstrar que a célebre obra de Jane Austen é, na verdade, uma releitura do livro de Rute, Jefferson nos mostra como a relação entre ambos os livros pode ajudar pastores na elaboração de sermões, bem como ajudar cristãos a perceberem conceitos eternos e graciosos que Jane Austen abordou em sua obra.

Em uma exposição minuciosa, Thiago Rafael Vieira trata do direito canônico das organizações religiosas. Thiago introduz-nos aos conceitos de direito eclesiástico e direito canônico, ao nascimento jurídico das confissões religiosas, à criação do corpo canônico na igreja brasileira e outros pontos.

Roger Cá, por sua vez, nos apresenta uma reflexão acerca da famosa passagem envolvendo Paulo em Atenas, narrada em Atos 17. Em seu ensaio, Roger desenvolve o contexto da segunda viagem missionária de Paulo, o perfil da cidade de Atenas e, por fim, como Deus comandou a jornada missionária de Paulo, uma chegada imprevista na capital intelectual do mundo da antiga Grécia.

No vídeo desta edição, disponibilizamos um debate entre Craig S. Keener e Michael Horton sobre a contemporaneidade dos dons espirituais.

O debate aconteceu no 11º Congresso de Teologia Vida Nova e foi conduzido por Jonas Madureira. Intérpretes: Valdemar Kroker e Alexandre Mendes.

Boa leitura!

A chegada imprevista de Paulo em Atenas

A chegada do apóstolo Paulo em Atenas não foi uma trajetória projetada em seu planejamento missionário, como no caso da sua primeira visita à Roma no início do ano 60 e meados do ano 62 d.C...

O direito canônico das Organizações Religiosas Brasileiras

direito, conjunto de regras de conduta impostas à coletividade pelo Estado, constitui monolítica unidade, bifurcada, entretanto por motivos didáticos, em dois campos, comunic veis entre si...

O livro de Rute: uma leitura cultural com auxílio de Orgulho...

Recentemente estreou na Rede Globo uma novela de nome Orgulho e Paixão, inspirada no livro da autora britânica, Jane Austen, Orgulho e Preconceito...

Gnosticismo digital: defendendo o corpo contra o novo gnosticismo

A cada ano sai mais um filme ou seriado sobre a relação entre o ser humano finito e a tecnologia aparentemente infinita. O enredo é sempre o mesmo...

Teologia Brasileira 69 – 2018

Nesta edição da revista Teologia Brasileira, publicamos um texto que trata de um tema muito importante e relevante para os dias atuais: gnosticismo digital. No artigo, Carrie Myatt destaca como o mundo digital e tecnológico tem sido usado como um tipo de fuga da realidade, do mundo material. Valendo-se da teologia de Irineu de Lyon, Carrie nos mostra como o antigo gnosticismo ainda está presente em nossos dias, mas com uma nova roupagem.

Jefferson Oliveira, por sua vez, nos apresenta um diálogo muito interessante entre o livro de Rute e a obra Orgulho e Preconceito.

Siga-nos

37,216CurtiramCurtir
25,146SeguidoresSeguir
22,045InscritosInscrever