Piper combina a experiência pessoal e conselhos pr ticos

0
1364

John Piper, inicia sua obra intitulada O racismo, a cruz e o cristão, por uma comovente e surpreendente confissão:

“Naquele tempo eu mesmo era abertamente racista”

Além de confessar seus próprios pecados e sua experiência pessoal com tensões raciais, ele conta também como Deus tem transformado sua vida e sua igreja. Piper expõe aos olhos dos leitores a realidade e a extensão do racismo e, a seguir, demonstra, a partir das Escrituras, como a luz do evangelho atravessa as trevas sombrias desse pecado tão destrutivo.

Assista o documentário e conheça um pouco da história comovente de John Piper.

FAÇA UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here