Contracultura, de David Platt

0
1631

Nos dias de hoje, quando questões sociais provocam claras divisões na sociedade, a neutralidade moral e política não é uma opção para aqueles que creem no Evangelho. Não basta focar nas questões menos incômodas e custosas para nós.

Para qualquer lado que nos voltemos, linhas de batalha estão sendo traçadas: casamento tradicional versus casamento gay, grupos pró-vida versus grupos pró-escolha, liberdade individual versus protecionismo estatal.

Parece que a cultura mudou do dia para a noite, a ponto de o certo e o errado não mais serem definidos pela verdade universal, mas pela opinião popular. E, à proporção que conversas espinhosas sobre homossexualidade, aborto e liberdade religiosa continuam a despontar no local de trabalho, na igreja, na escola e nos lares, cristãos de toda parte fazem a mesma pergunta: como devemos responder a tudo isso?

Nesta obra, David Platt mostra aos seguidores de Cristo como assumir posição ativa em questões tão relevantes para os nossos dias. Também desafia os cristãos a se tornarem vozes incansáveis e apaixonadas em favor da causa de Cristo.

Baseando-se em relatos pessoais e comoventes de várias partes do mundo, o autor lança um chamado sem rodeios mas persuasivo para que os cristãos sigam os passos de Cristo e entrem nesse campo de batalha em que se transformou a cultura contemporânea. E sugere formas de fazerem isso que serão muito gratificantes, ainda que o preço seja alto.

Platt nos convida para fixarmos o olhar na santidade, na bondade, no amor, na verdade, na justiça, na autoridade e na misericórdia de Deus revelados no evangelho e assim viver com convicção, coragem e compaixão em meio a uma cultura que se afasta cada vez mais da verdade.

Em breve mais informações!

FAÇA UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here